Enem 2014


Inscrições para o Enem 2014 serão abertas na segunda-feira, 12/06/2014.




As inscrições da edição de 2014 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) serão abertas na próxima segunda-feira (12), afirmou nesta quinta-feira (8) a assessoria de imprensa do Ministério do da Educação. As regras das provas deste ano serão publicadas em um edital na edição desta sexta-feira (9) do "Diário Oficial da União", diz a pasta. Entre as novidades anunciadas pelo ministério está a tradução do edital para aumentar a acessibilidade dos estudantes surdos e cegos, e o uso de detectores de metal nas salas de aplicação das provas, para coibir tentativas de fraude.

Assim como nos anos anteriores, o Enem será realizado em dois dias. Em 2014, ele acontece em 8 e 9 de novembro. No dia 8, um sábado, os candidatos farão as provas de ciências humanas e ciências da natureza entre as 13h e as 17h30 (no horário de Brasília). No dia 9, domingo, serão aplicadas as provas de linguagens e códigos, matemática e redação. Neste dia, o Enem será mais comprido, e acontecerá entre as 13h e as 18h30 (também no horário de Brasília).

"Nós sabemos o quanto o Enem é importante pro país do ponto de vida de oportunidades. Há uma grande responsabilidade do MEC na produção desse processo", afirmou o ministro da Educação, Henrique Paim, em entrevista coletiva na tarde desta quinta. "Na medida em que o processo do Enem vai sendo aperfeiçoado, vamos ganhando confiança e, com isso, gerando maiores oportunidades"

Paim reiterou que o Enem "é um processo complexo" que exige atenção dos participantes e familiares. "É importante que cada futuro participante tenha atenção pra esse nível de detalhe do edital para que a gente possa cumprir de forma correta a aplicação do Enem."

O ministério prevê receber 8,2 milhões de inscrições no Enem, cerca de um milhão a mais do que no ano passado. O número de alunos que participaram dos dois dias de provas em 2013 foi de pouco mais de 5 milhões. "O aumento nas inscrições se deve à adesão ao Sisu, o Ciências Sem Fronteiras, que exige o Enem para participação, todos os programas, como ProUni e Fies, que abrem caminho de oportunidades e cada vez mais jovens e adultos que não tiveram oportunidades antes façam o Enem para ter mais acesso", disse Paim.



Fonte: Globo/G1

Postado em 08/05/2014, por Administrador.